inova logo branca
igor pinheiro ceo

Igor Pinheiro

C.E.O da Inova Civil
Ativo 17

STEEL FRAME: Economize Tempo e Dinheiro na Sua Obra

      A construção civil cresceu muito ao longo dos anos para atender as necessidades para atender o desenvolvimento da sociedade. Com a maior necessidade de moradias, foram desenvolvidos diversos métodos construtivos com intuito de tornar a construção mais eficiente e mais econômica, fazendo melhor uso dos recursos garantindo sustentabilidade no setor. O método chamado de Steel Frame surgiu como uma das técnicas para suprir essa necessidade.

Figura 1 – Steel Frame.

      No Brasil a construção de pequeno porte é predominantemente artesanal, com um método caracterizado pela baixa produtividade e pelo desperdício. Para amenizar esses problemas o mercado começa a aderir métodos mais industrializados, com mão-de-obra qualificada, maior padronização e produção em larga escala.

      O método construtivo com essas características mais utilizado aqui no Brasil é o Steel Frame, que tem como principal diferença uma estrutura constituída por perfis de aço galvanizado que são utilizados para compor os painéis estruturais e não estruturais.

  • Steel Frame

      Como já citado a cima, o Steel Frame é um método industrializado formado por painéis com perfis de aço galvanizado. O fechamento dos painéis é feito por placas que podem ser cimentícias, de madeira, drywall, dentre outras opções. A estrutura é composta basicamente pelos painéis, mais fechamento externo, isolamento termoacústico e fechamento interno.

      O drywall é basicamente o gesso revestido por papel acartonado. Ele é composto por placas parafusadas geralmente em estruturas metálicas.

      As principais diferenças entre o steel frame é o método construtivo convencional são a limpeza no canteiro de obras e precisão do sistema. O steel frame não necessita de água no canteiro proporcionando uma construção seca e por isso mais limpa, além disso, o sistema apresenta uma precisão muito maior tanto nos cálculos dos quantitativos, como a quantidade de material a ser utilizado, quanto na execução da obra.

      Como a estrutura é pré-fabricada, ela já vem da fábrica com as dimensões especificadas em projeto dispensando corte de peças gerando uma obra rápida e limpa com uma quantidade de resíduos gerados praticamente igual a zero e consequentemente com um desperdício de material muito baixo.

Figura 2

      Normalmente a fundação desse tipo de estrutura é o radier já que seu peso próprio é bastante reduzido quando comparado as construções com alvenaria. Quando a edificação possui mais de um andar os pavimentos são separados por lajes leves, que costumam ser com perfis de aço galvanizado revestido por madeira, placa cimentícia ou outro tipo de placa, e por forros também leves como drywall ou pvc. Entretanto também é possível a utilização de lajes pré-moldadas de concreto.

      Se você não sabe o que é um radier ou uma laje de concreto pré-moldado, aqui no site temos conteúdo sobre os principais tipos de fundações e sobre os principais tipos de lajes utilizados na construção civil.

Componentes

      Como citamos o steel frame é composto pela estrutura de aço galvanizado mais fechamento externo e interno.

      O Fechamento externo tem as seguintes componentes:

Estrutura: que é composta pelos painéis de aço galvanizado.

OSB (Oriented Strand Board): o OSB é um painel de tiras de madeira prensadas que geram uma alta resistência.

Membrana: a membrana impede a entrada da umidade, mas permite a transpiração da edificação. Ela serve principalmente para evitar a formação de mofo e de infiltrações.

Placa cimentícia:  utilizada para auxiliar na planicidade e para evitar deformações por variação de temperatura. É composta por massa de cimento reforçada com fibra de vidro.

Base Coat: é o revestimento da placa cimentícia, responsável pela impermeabilização e por fazer as juntas da placa cimentícia desaparecerem.

Acabamento: a parede recebe o tratamento convencional para prepara-la para receber o acabamento final, seja ela pintura, textura, porcelanato, pedras, etc.

Isolamento Termoacústico: pode ser feito com lã de vidro ou lã de PET.

Figura 3

 

      O fechamento interno é composto pelos perfis de aço galvanizado, isolante termo-acústico, placa de drywall (gesso acartonado) e revestimento de acabamento (pintura, cerâmica, etc). Além disso são adicionadas fita microperfurada (elimina as emendas nos encontros das placas de drywall) e massa niveladora (utilizado junto da fita microperfurada).

Figura 4

 

Vantagens

      Já falamos sobre as principais vantagens do steel frame, mas e quais os outros benefícios obtidos com esse método?

  • A construção é realiza com maior agilidade já que boa parte dos componentes são pré-fabricados. Algumas construções podem ser realizadas em 15 dias ou menos.
  • O peso da estrutura é bastante reduzido pois os perfis de aço galvanizado são leves e não geram grandes cargas na estrutura. Isso possibilita a utilização de fundações mais simples e de baixo custo como o radier.
  • O steel frame é consideravelmente mais precisos, tanto na execução, diminuindo a possibilidade de erros construtivos como no cálculo da quantidade de cada material que será utilizado.
  • Além de possibilitar diversas opções de acabamento, esse método também apresenta um ótimo isolamento térmico e acústico.
  • Uma das vantagens mais importantes é que esse tipo de edificação é sustentável pois não utiliza recursos naturais escassos como a água e gera pouquíssimos resíduos durante a construção.

 

Desvantagens

      O steel frame também possui algumas desvantagens, e as principais são o limite de pavimentos e a dificuldade de encontrar mão de obra especializada.

      Existem alguns prédios com vários pavimentos sendo construídos em steel frame mas é muito mais comum encontrarmos edificações térreas ou com até 5 pavimentos, e quanto a mão de obra, como o sistema é pré-fabricado, necessita de mão de obra especializada para garantir  que seja realmente mais rápido e mais barato, por isso é necessário realizar treinamentos constantes da mão de obra.

Figura 5 – Normas que especificam o Steel Frame

Confira esse conteúdo em vídeo:

[yotuwp type=”videos” id=”09ZXoWmkNsU” player=”cc_load_policy=0&iv_load_policy=3″]

 

Referências 

PEREIRA, Caio. Steel Frame: o que é, características, vantagens e desvantagens. Escola Engenharia, 2018. Disponível em: https://www.escolaengenharia.com.br/steel-frame/. Acesso em: 17 de novembro de 2019.

Gomes, C. E. M. Vivan, A. L.  SICHIERI, E. P. PALIARI, J. C. LIGHT STEEL FRAME NA PRODUÇÃO DE MORADIAS NO BRASIL. Disponível em: < http://www.fec.unicamp.br/arqs/20150622104044-gomesc2013.pdf >;

Figura 1 – Disponível em <https://www.escolaengenharia.com.br/steel-frame/>

https://www.escolaengenharia.com.br/steel-frame/ >;

Figura 2 – Disponível em: < http://www.steelinove.com.br/post/6-isolamento-termo-acustico-gerenciamento-de-residuos-e-resistencia-a-fogo-6 >;

Figuras 3 e 4 – Disponível em: < https://www.htforum.com/forum/threads/quem-possui-conhece-casa-em-steel-frame.279553/page-2 >.

 

Siga nossas redes sociais:
logo cinza inova
Todos os direitos reservados® – Inova Civil Plataforma Educacional | CNPJ 22.371.237/0001-11
Políticas de Privacidade & Termos de Uso